06/08/2018 15h26

Oportunidade para profissional crescer é trunfo das 50 Melhores empresas para trabalhar

 

Lista da Great Place to Work no Rio mostra que empregados valorizam também qualidade de vida


Por: O Globo

 
 Segundo Danyela Souza Ramos, consultora da GPTW Rio, embora ainda o papel do coach seja muito criticado, esta prática tem trazido bons resultados. Segundo Danyela Souza Ramos, consultora da GPTW Rio, embora ainda o papel do coach seja muito criticado, esta prática tem trazido bons resultados.

O que você considera mais importante no lugar onde trabalha? Para os mais de 70 mil funcionários de 99 empresas, de diversos setores e portes, do Rio, a oportunidade de crescer é o que mais pesa para se manter no atual emprego. Em seguida, nesta ordem: a qualidade de vida, alinhamento de valores, remuneração e benefícios e, por último, a estabilidade.

Os dados são da pesquisa anual da consultoria Great Place to Work que faz o ranking das 50 Melhores Empresas para Trabalhar no Rio de Janeiro. No levantamento, a Losango levou a melhor, pela sexta vez, na categoria Grandes Empresas.

Na Média e Pequena, SC Johnson e Pernod Ricard Brasil ganharam o primeiro lugar, respectivamente.

— Quem oferece a chance de crescer sempre acaba retendo seus talentos. O salário é importante, sim, mas não é a principal razão de permanência, porque com qualquer proposta melhor, o funcionário se muda — avalia a consultora da GPTW Rio, Danyela Souza Ramos.

Ela pondera, ainda, que isso não significa ter uma carreira meteórica: — A oportunidade de crescimento tem a ver em se preocupar com o treinamento e a gestão direta. Está mais relacionado ao que eu sou, para onde vou e como chegarei.

O levantamento consultou os funcionários de 99 empresas sob a ótica de pontos como fator de permanência, índice de confiança e as melhores e as piores alternativas das empresas. Foram considerados o ambiente de trabalho, a relação com a chefia direta e até mesmo as oportunidades que a empresa oferece para qualificação, como bolsas de estudo e mentoria.

Para Danyela, o destaque desta edição é o alinhamento de o que os funcionários desejam e as empresas oferecem. Pois, assim como a oportunidade de crescer é o que mais pesa para o funcionário, por outro lado, as práticas das empresas para promover isso também estão mais positivas.

— Houve uma situação interessante nesta edição. Na lista de nove práticas, as que tiveram melhor nota foram desenvolver, escutar e celebrar. Isso significa que o funcionário está se sentindo mais valorizado e ouvido.

 
Um ambiente saudável, que ofereça qualidade de vida, com chance de crescimento é o que funcionário mais quer - Tiago Costa/Embracon/DivulgaçãoUm ambiente saudável, que ofereça qualidade de vida, com chance de crescimento é o que funcionário mais quer - Tiago Costa/Embracon/Divulgação

ACOMPANHAR E AJUDAR A SE DESENVOLVER

Um outro aspecto relevante para que as emprsas estejam no anking das Melhores Empresas para Trabalhar no Rio de Janeiro, do Great Place to Work, é o investimento em seus funcionários. Seja ele por meio de apoio, inclusive financeiro, de qualificação ou acompanhamento para desenvolvimento profissional.

De acordo com a pesquisa, quanto ao desenvolvimento dos funcionários, 50% das empresas oferece bolsas de estudo para cursos de idiomas e 68% para graduação ou pós para pelo menos metade dos seus contratados.

Já em 38% das instituições os funcionários têm acesso à universidade interna e 20% do total disponibiliza alguma verba para programas de desenvolvimento que eles escolherem.

Um outro dado interessante é que 64% das empresas disponibiliza programas de coaching e 48% de mentoring (quando um profissional mais experiente ajuda um mais novo em sua carreira). Segundo Danyela Souza Ramos, consultora da GPTW Rio, embora ainda o papel do coach seja muito criticado, esta prática tem trazido bons resultados.

— O coach realmente faz diferença, e isso não é percepção, mas um dado real. Este acompanhamento reflete em números no desempenho do funcionário, pois o ajuda em seu autodesenvolvimento, o que vai, consequentemente, refletir na sua rotina — contextualiza Danyela.

Ela observa que a inclinação em investir no funcionário e manter a rotatividade baixa é mais comum em empresas grandes, contudo, com o tempo, tem-se percebido que as médias e pequenas têm aderido a prática.

— A mudança do estilo de vida que o profissional quer leva as empresas a mudarem também. Este cuidado para manter bons talentos tem sido colocados à mesa.

A comunicação entre líderes e empregados nesse processo todo é chave. Segundo a pesquisa, quanto maior o número de feedbacks, maior é o índice de confiança. Do total, 43% dos funcionários das empresas premiadas receberam mais de três retornos ao ano sobre o seu trabalho.

Ainda na pesquisa, a confiança também aumentou de 2017 para 2018 nos quesitos "credibilidade", " respeito", "imparcialidade", "orgulho" e "camaradagem". Estes itens também ajudam os funcionários nas avaliações sobre o ambiente de trabalho e as práticas. Por outro lado, a participação nos resultados das empresas e o mérito nas promoções ainda são itens contestados por parte dos entrevistados.

Na última terça-feira, as melhores empresas do Rio participaram da premiação do Great Place to Work, em parceria com o Grupo HEL e jornal O Globo e apoio da ABRH RJ, no Vivo Rio, com o tema "Revolução Digital". Segundo Fabrício Granito, CEO do Grupo HEL e idealizador da festa, a aposta em temáticas tem um peso maior, além de inovar.

Além disso, durante a festa, teve uma premiação especial criada pelo GPTW para a torcida mais animada e criativa em relação ao tema. Quem levou a melhor foram os colaboradores da SC Johnson, que ganharam uma viagem para um resort com acompanhante em sistema all inclusive.

CONFIRA AS 50 MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHAR NO RIO

Grandes

1º - Losango

2º - Ancar Ivanhoe Administradora de Shopping Centers LTDA

3º - Prezunic

Icatu Seguros

Souza Cruz

Mongeral Aegon Seguros e Previdência

Unimed-RIO

IBM Brasil

Enel Brasil S.A

LAFARGEHOLCIM

Grupo Toniato

Alphatec S/A

Costazul Alimentos Eireli

Alterdata Software

Supergasbrás Energia

Médias

1º - SC Johnson

2º - Visagio

3º - Consórcio Nacional Embracon

Radix

Comunique-se S/A

JW Marriott Rio de Janeiro

Ecad

Aspen Pharma

H. Strattner e Cia Ltda

Elogroup Desenvolvimento e Consultoria Ltda

Elumini Outdoing IT

Equinix Brasil

Ceneged

Instituto Superior de Ensino Celso Lisboa

Nasajon Sistemas

Delphos Serviços Técnicos S/A

Grupo HU Viagens e Turismo S/A

Brazil Foodservice & Franchising Corp.

Binder Reimagine

Prudential Brasil

Eneva S.A.

Laboratórios Servier do Brasil

Colégio de A a Z

Affero Lab

EDS- Extreme Digital Solutions

Pequenas

1º - Pernod Ricard Resende

2º - Passei Direto

3º - Zoom

Nibo

Lumis

Hiperbarica Hospitalar

Chefs Club

PUBLICIDADE

Instituto Coca-Cola Brasil

IMM Esporte e Entretenimento

Mobi2Buy

 
comments powered by Disqus