14/12/2018 16h08

Polícia Civil prende um dos maiores traficantes de Ribas do Rio Pardo por coação no curso do processo

 

Polícia vinha investigando o suspeito e sua companheira pela prática de vários crimes, dentre eles tráfico de drogas, organização criminosa, etc.


Divulgação Polícia Civil

o suspeito, relacionado a tráfico de drogas, informando que estava sendo ameaçada gravemente pelo rapaz e sua companheira, conduta esta que configura o crime de coação no curso do processo.o suspeito, relacionado a tráfico de drogas, informando que estava sendo ameaçada gravemente pelo rapaz e sua companheira, conduta esta que configura o crime de coação no curso do processo.

Na manhã desta sexta-feira, dia 14 de dezembro de 2018, a Polícia Civil prendeu o traficante C.A.G de 44 anos e sua companheira A.L.S por coação no curso do processo. De acordo com o Delegado de Polícia Titular de Ribas do Rio Pardo, Dr. Bruno Santacatharina Carvalho de Lima, há muito tempo a Polícia vinha investigando o suspeito e sua companheira pela prática de vários crimes, dentre eles tráfico de drogas, organização criminosa, etc.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito conhecido nos meios policiais e possui extensa ficha criminal. Ocorre que, na data de hoje, 14/12/2018, a polícia civil foi acionada por uma testemunha de inquérito policial contra o suspeito, relacionado a tráfico de drogas, informando que estava sendo ameaçada gravemente pelo rapaz e sua companheira, conduta esta que configura o crime de coação no curso do processo.

Segundo essa testemunha, o suspeito disse que se contasse à polícia que ela comprou drogas do casal, ele a mataria e mataria, ainda, suas filhas pequenas. De posse dessas informações, ou seja, de que uma testemunha estava sendo ameaçada durante o inquérito policial, a equipe do S.I.G. (Setor de Investigações Gerais), acompanhada do Delegado, iniciou diligências, logrando êxito em capturar o casal criminoso em frente ao Fórum, dando-se aos dois indivíduos voz de prisão pelo crime de coação no curso do processo.

Os sujeitos vão responder por coação no curso do processo e pelo procedimento de tráfico de drogas que já estava em andamento, e caso sejam condenados, poderão pegar até 19 anos de prisão. C.A.G era quem abastecia quase todas as biqueiras da Cidade.

 

Redação 90fm / Polícia Civil

comments powered by Disqus