10/07/2018 10h12

Homem é condenado a 16 anos de prisão por tentar matar a ex e o atual marido dela

 

Ele invadiu residência do casal e os esfaqueou, no ano passado


Por: Glaucea Vaccari/Correio do Estado

 
Julgamento foi realizado hoje na 1ª Vara do Tribunal do Júri - Foto: Álvaro Rezende / Correio do EstadoJulgamento foi realizado hoje na 1ª Vara do Tribunal do Júri - Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado

Marcos de Macedo foi condenado a 16 anos e oito meses de prisão, em regime fechado, por tentar matar a facadas a ex-mulher e o atual companheiro dela. Julgamento foi realizado nesta segunda-feira (9), na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

Crime aconteceu no dia 19 de agosto de 2017, no bairro Universitário. Segundo a denúncia, acusado e a vítima foram casados por aproximadamente 10 anos, estavam separados e ela estava se relacionando com outro homem há cerca de oito meses.

A mulher e o atual companheiro dormiam, quando o acusado pulou o muro, arrombou a porta, entrou no quarto do casal e desferiu vários golpes de faca contra a mulher, atingindo-a na região das costas e seis. O marido da vítima tentou intervir e também foi esfaqueado no braço e perna esquerdos.

No julgamento, o Ministério Público Estadual defendeu a condenação de Macedo pelos crimes de tentativa de feminicídio e tentativa de homicídio doloso, ambos qualificados pelo motivo torpe. Já a defesa sustentou a desclassificação dos crimes para lesão corporal e, em caso de condenação, o afastamento das qualificadoras.

Os jurados reconheceram o materialidade e autoria dos delitos, afastando as teses da defesa. Juiza em substituição da 1ª Vara, Denize de Barros Dodera, fixou a pena em oito anos e oito meses de prisão pelo crime de tentativa de feminicídio contra a ex-mulher e em oito anos pela tentativa de homicídio contra o homem. As penas foram somadas e totalizaram os 16 anos e oito meses de reclusão.

 
comments powered by Disqus