02/04/2017 18h37

Com 196 kg a menos, seis mulheres de Ribas agradecem nutricionista e comemoram resultado

 

Seis mulheres de Ribas decidiram mudar de vida emagrecendo com saúde com ajuda da nutricionista Thays Moraes.


REPORTAGEM: Rodrigo dos Santos

IMAGENS: Daniel Filho

FOTO: Rodrigo dos Santos

Grupo de mulheres com a nutricionista Thays ao centro (de branco) comemoram resultadoGrupo de mulheres com a nutricionista Thays ao centro (de branco) comemoram resultado
 

O sonho de quem vive brigando com a balança e já tentou todo tipo de dieta milagrosa que não deu certo, ou até deu por certo tempo é, emagrecer com saúde, sem ajuda de remédios e sem necessidade de uma intervenção cirúrgica. Isso é possível e um grupo de mulheres de Ribas do Rio Pardo prova.

Rosa Aparecida Martins, Tereza Ferreira, Divina de Fátima Bezerra, Josciane Gerônimo, Elisabete Alencar e Neudir Garcia, seis mulheres que, cansadas de brigar com a balança e com o efeito sanfona (engorda/emagrece), resolveram procurar ajuda profissional da nutricionista Thays Silva Moraes que atende pela Prefeitura de Ribas do Rio Pardo.

De acordo com a nutricionista Thays Silva Moraes, o Brasil tem mais de 80% das pessoas acima do peso considerado ideal. "Vários fatores podem levar ao quadro de excesso de peso, sendo os mais comuns os erros alimentares, falta de exercício físico, hereditariedade e distúrbios metabólicos. A pessoa com obesidade se torna mais propensa a desenvolver doenças crônicas não degenerativas, tais como diabetes, hipertensão arterial e dislipidemias", diz a profissional.

CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE

A nutricionista destaca que, além de doenças, a obesidade comumente causa diversos problemas como a diminuição da autoestima. "O paciente evita adquirir roupas novas porque muitas vezes não encontra a numeração adequada. Muitos evitam também tirar fotos, não olhar-se no espelho de corpo inteiro, isolamento social, a pessoa se fecha, o que pode causar até mesmo um quadro depressivo. Esses são exemplos comuns da sensação que essas pessoas sentem devido ao peso em excesso", explica Thays.

No ambulatório de nutrição, cujo atendimento é realizado pela nutricionista Thays Moraes desde o ano de 2006, localizado no ESF (Estratégia de Saúde da Família) Miguel Pereira , em Ribas do Rio Pardo, a profissional atende inúmeros casos de sobrepeso e obesidade. Os pacientes que colocam em prática as orientações nutricionais, com mudança no estilo de vida e na maneira de se alimentar, conseguem adquirir um excelente resultado, como é o caso desse grupo de mulheres.

TRATAMENTO E COMO SER ATENDIDO

Para quem deseja atendimento no setor de nutrição, a pessoa precisa passar por uma consulta médica, ou outro profissional de saúde, para adquirir um encaminhamento ao ambulatório de nutrição. Com o encaminhamento em mãos é somente marcar diretamente no ESF Miguel Pereira (Posto de Saúde), a fim de fazer uma avaliação e consequente tratamento.

"O tratamento visa a educação nutricional aliado aos exercícios físicos, o que gera um efeito muito mais saudável, para melhoria da qualidade de vida com consequente resgate da autoestima e saúde. Cada pessoa responde de uma forma diferente ao tratamento, porém, a persistência e força de vontade faz com que a diferença seja notada. Dependendo do grau de obesidade, geralmente em torno de um ano a pessoa consegue atingir a meta", avalia a nutricionista.

Envie seu Comentário