27/07/2018 17h21

Três Lagoas e Ribas do Rio Pardo são os maiores produtores de eucalipto do país

 

Em segundo aparece Ribas do Rio Pardo, também em Mato Grosso do Sul, com 204.604, seguida por Selvíria, com 194.615. Na quarta posição aparece Piraí do Sul (PR), com 173.808 pés e, em seguida, Brasilândia, com 156.530.


Divulgação

LegendaLegenda

Quatro municípios do Mato Grosso do Sul lideram o ranking nacional de plantio de eucalipto no Brasil. Três Lagoas aparece em primeiro lugar, com 267.993 pés de árvores plantadas. Em segundo aparece Ribas do Rio Pardo, também em Mato Grosso do Sul, com 204.604, seguida por Selvíria, com 194.615. Na quarta posição aparece Piraí do Sul (PR), com 173.808 pés e, em seguida, Brasilândia, com 156.530.

Mato Grosso do Sul é o 3º maior produtor de eucalipto do país, perde apenas para Minas Gerais e São Paulo. Os dados são do Censo Agropecuário 2017, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta semana.

O título de maior produtor de eucalipto deve-se ao funcionamento das fábricas de celulose instaladas em Três Lagoas. A Fibria possui duas unidades de fabricação. A segunda linha entrou em operação em agosto do ano passado e a Eldorado Brasil possui uma fábrica. A empresa que foi vendida para a multinacional holandesa Paper Excellence, em 2017, tem planos de construir a segunda unidade a partir do ano que vem.

Desde 2014 estuda-se a instalação de mais uma fábrica de celulose em Mato Grosso do Sul, no município de Ribas do Rio Pardo. Nesta quinta-feira (26), o Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) fixou em R$ 30 milhões a compensação ambiental que uma usina de celulose terá de pagar ao Estado, em razão da instalação de um empreendimento de "fabricação de celulose, pasta mecânica, papel e papelão, termoelétrica acima de 10 MW" que será instalado em Ribas do Rio Pardo.

 

JP News (Materia Reeditada)

comments powered by Disqus